Notícias Fecomercio

12 de julho de 2017

Internacionalização dos negócios é opção realista e viável para empresários brasileiros


Afirmação é do consultor da FecomercioSP Ricardo Tortorella. Segundo ele, primeiro passo é empreendedor encarar desafio de vencer falta de preparo para atuar globalizado

O brasileiro é considerado empreendedor e criativo por natureza, mas falta ao empresariado uma preparação voltada à abertura de empresas globais. “Não temos a ‘cultura da exportação’. Nossa educação é falha também no mundo empresarial. Nossos empresários não foram preparados para atuar globalizados. Não abrimos empresas para serem globais”. A constatação é do consultor da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) Ricardo Tortorella.

“Temos um mercado interno de mais de 200 milhões de consumidores que acomoda e limita nossos empresários, mas temos de nos desafiar a entrar no mercado internacional, muito mais forte, pois temos perto de 8 bilhões de consumidores no mundo. O ‘mercado mundo’ é pujante. Temos de nos desafiar a encarar a concorrência. Temos produtos e serviços com qualidade e preços competitivos”, destaca.

Se somarmos a esse quadro a crise econômica e a instabilidade política do Brasil, podemos afirmar que a internacionalização dos negócios é uma excelente alternativa para os empresários brasileiros. Veja todas as orientações aqui.

 

Voltar para Notícias