Notícias Fecomercio

19 de outubro de 2018

Riqueza das famílias brasileiras encolheu US$ 380 bilhões


Riqueza das famílias brasileiras encolheu US$ 380 bilhões

A riqueza das famílias brasileiras encolheu US$ 380 bilhões nos últimos 12 meses, alcançando US$ 2,5 trilhões. De acordo com o relatório do Credit Suisse, o dado foi prejudicado pelo baixo crescimento econômico e, principalmente, pela desvalorização do real.

O desempenho contrasta com o do restante do planeta, pois a riqueza global das famílias aumentou 4,6% em 2018, para US$ 317 trilhões. Os problemas econômicos no Brasil e na Argentina tornaram a América Latina a única região do mundo a ter registrado queda na riqueza em 12 meses, com recuo médio de 4,9%.

O maior crescimento foi registrado na América do Norte, onde a riqueza das famílias aumentou 6,5% no ano passado, para US$ 106,5 trilhões, seguido pela Europa, com expansão de 5,5% (US$ 85,4 trilhões), e a China, com alta de 4,6% (US$ 51,9 trilhões).

Voltar para Notícias